BUSCA NO BLOG

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

HSBC no topo da lista de reclamações no Banco Central

Stock.Xchng/HelenaRuiz
Quem acompanha meu blog sabe que, em outubro, escrevi alguns posts reclamando do HSBC Brasil. Recentemente, recebi mensagens via Twitter de outros clientes do banco que, como eu, moram no exterior e também tiveram dificuldades no atendimento. Eles me perguntam: você conseguiu resolver seu problema?

Pra relembrar, a história foi a seguinte: o HSBC tornou obrigatório o uso do Token para transferir recursos entre contas no Brasil e outros países. Isso significa que, antes de operações financeiras, seria gerado um código que permite a operação. Usuários de iPhone foram orientados a gerar o código no aparelho. No entanto, após a atualização do iOS, o Token deixou de funcionar e eu passei mais de um mês sem dinheiro porque o banco não resolvia meu problema.

Reclamei diretamente pelos canais de atendimento do HSBC, passei pela ouvidoria do próprio banco e, sem solução, acionei o Banco Central. Em setembro, o Banco Central informava em seu site que o HSBC foi a 3ª instituição bancária com o maior número de reclamações em setembro. Não me espanta que o HSBC tenha subido para 2º lugar em número de reclamações em outubro e esteja no topo em novembro. Que belo título!

O HSBC implantou um sistema tecnológico que, pelo visto, não conhece bem, orientou o cliente no exterior a usar iPhone para gerar o Token porque é "prático e rápido" e parece não ter conseguido resolver a incompatibilidade entre os dois sistemas.

Respondendo a pergunta que deixei em aberto no primeiro parágrafo, sim, finalmente posso movimentar MEU próprio dinheiro. Mas isso não é mérito do HSBC. Isso é resultado de persistência minha, somada à reclamação junto ao Banco Central, a várias postagens em redes sociais e à obrigação do HSBC de, afinal, resolver um problema que eles não foram competentes de resolver com rapidez.

Estou chocada de saber que ainda há clientes enfrentando o mesmo problema. O Token se tornou obrigatório em setembro. Estamos em dezembro. Já deu tempo suficiente de o banco aprender como lidar com a nova tecnologia. Ou não? Esse banco realmente está se mostrando campeão...em desrespeito ao cliente.

Leia posts anteriores sobre o assunto:
Reclamação contra HSBC formalizada no Banco Central
HSBC e o descaso com o cliente
HSBC exige Token sem dar suporte adequado ao cliente
Minha relação (sem amor) com o HSBC

2 comentários:

  1. A desqualificação do HSBC em relação a Token de segurança é assombrosa.

    Eles desenvolveram um produto para funcionar somente no iPhone e Android como se todos os clientes deles tivessem um.

    Eu tenho um Windows Phone e esse sistema sequer existe para tal.

    Eu solicitei o Token físico em 15 de outubro de 2013 e até hoje (22/12/2013) sequer entraram em contato para me dizer porque ainda não chegou.

    Já liguei para eles me darem uma satisfação e a única coisa que me dizem é que vão encaminhar minha reclamação para o setor responsável... bem, o setor "responsável" de responsável não tem nada porque como falei não se explicam.

    Resultado, abri conta em outro banco e estou esperando chegar os cartões para transferir tudo o que tenho para lá.

    Sou cliente do HSBC desde 2005 e nunca desejei tanto deixar de ser cliente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola, Alexandre

      Muito obrigada por compartilhar sua historia.

      Eu concordo absolutamente com voce. Desqualificacao eh a melhor palavra para definir a situacao do HSBC diante da questao do Token. Como voce, tambem estou insatisfeita com o banco no Brasil. No Canada, onde eu moro, a satisfacao do cliente eh levada um pouco mais a serio.

      Minha decisao de abrir conta neste banco, como voce pode acompanhar nos posts anteriores a esse respeito, foi unica e exclusivamente em razao de eu estar de mudanca. Entre os bancos que temos no Brasil, o HSBC eh o unico com agencias no Canada, entao a movimentacao de recursos seria muito mais facil e economica com conta neste banco. Mas nunca pensei que teria tanta dor de cabeca.

      Mais uma vez, obrigada por compartilhar sua historia aqui. Ja recebi varias mensagens de outros clientes via Twitter contando suas historias. Nosso descontentamento justifica o alto indice de reclamacoes junto ao Banco Central. Entretanto, sabemos que, infelizmente, nem todas as pessoas vao atras de seus direitos, entao o numero de clientes insatisfeitos certamente eh bem maior do que pensamos.

      Abracos,
      Glauce

      Excluir