sábado, 12 de maio de 2012

Descaso da prefeitura mais uma vez

Fotos: Glauce Fleury
Na segunda-feira, vi a situação ao lado perto de casa. Dias antes, não estava assim.
Isso significa que provavelmente, de madrugada, algum vândalo exercitou a habilidade intelectual, ops, física e ergueu a tampa do bueiro.
Como você vê, é possível cair um adulto aí dentro, que dirá uma criança, um animal menor ou sei lá o quê. Prontamente, telefonei para a prefeitura e informei o que havia acontecido. Mas até hoje ninguém veio consertar.
A situação só está diferente porque, como estou com a casa em obra, três pedreiros, que estiveram aqui para acertar um novo serviço, fizeram uma força-tarefa e cobriram o vão novamente.
Não era obrigação deles. Mas fizeram para evitar o pior, um acidente com algum morador passando por ali, apressado. Ainda mais sendo próximo a uma esquina. Preocuparam-se com o que a prefeitura não se preocupou.
A informação que recebi no departamento de obras é de que não poderiam dar um prazo para reparo.
Isso porque a equipe é pequena e há muitos serviços a serem feitos na cidade. Mas viria alguém, ao menos, para sinalizar. Cadê?
Com o provável vandalismo, não basta voltar a tampa de concreto ao lugar. Aquilo está solto. Qualquer um pode levantar a estrutura de novo. É necessário cimento para unir a peça à calçada novamente.
Quanto mais tempo passar sem conserto, mais danificada ficará a calçada. Aí, no futuro, é provável que aconteça uma situação semelhante à que já ocorreu comigo há alguns anos.
Vândalos usaram a força para arrancar meu cesto de lixo que estava cimentado na calçada, danificando-a.
E o que a prefeitura fez? Enviou notificação informando que, se eu não consertasse, seria multada.
Ah, então eu sou furtada, a guarda municipal não vê e eu pago o pato? Vamos ver quanto tempo para uma solução desse caso. Estou contando os dias. Um a um.

Nenhum comentário:

Postar um comentário