segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Saudade de quem já se foi

Só quem já perdeu alguém que ama demais, sabe. E não estou falando de perder um amor porque foi embora, abandonou você, arranjou outra pessoa, deixou de te amar. Falo de perder alguém que não está mais neste plano.
Cada religião tem sua própria forma de explicar o que seria a morte e o que existiria depois dela. Mas de tudo o que já ouvi, o que mais me confortou foram os ensinamentos da doutrina espírita, a partir do que é descrido nos livros de Alain Kardec.
Minha intenção aqui não é fazer propaganda de religião ou doutrina. De forma alguma. Não quero convencimentos. Quero que cada um encontre suas respostas e siga o que é confortável para si. É o que eu faço.
Às vezes, sofro tanto pensando naqueles que se foram... Poucos sabem o quanto é difícil. Talvez não saibam pois nunca perderam mãe, pai, irmão, avô, amigo. E fogem do enfrentamento. Eu não. Mergulho fundo nas minhas dores. Só assim vão passar. Ou amenizar.
Já quis ir embora com quem já se foi. Já fiquei deprimida. Já chorei um rio inteiro. Já me desesperei. Apesar disso tudo, tenho discernimento e compreensão suficientes para saber que devo mergulhar na perda.
Mergulhando nela, poderei nadar nesse sofrimento e cruzar a piscina da dor, chegando do outro lado, onde há felicidade e sabedoria. Sim, porque sofrer nos torna mais maduros e prontos para a vida.
Se não aprendemos com o sofrimento, sofremos à toa. As vicissitudes da vida nos trazem crescimento, amadurecimento, força. É com esse pensamento que durmo e acordo todos os dias. E é isso que me ajuda a seguir nesta jornada que, às vezes, é tão pesada.

2 comentários:

  1. Amiga, para gente lembrar daqueles que sentimos saudade !!

    Se você me ama, não chore.
    Se você conhecesse o mistério insondável do céu onde me encontro..
    Se você pudesse ver e sentir o que eu sinto e vejo nesses horizontes sem fim e nesta luz que tudo alcança e penetra, você jamais choraria por mim.
    Estou agora absorvido pelo encanto de Deus, pelas suas expressões de infinita beleza
    Em confronto com esta nova vida, as coisas do tempo passado são pequenas e insignificantes.
    Conservo ainda todo o meu afeto por você e uma ternura que jamais lhe pude , em verdade revelar.
    Amamo-nos ternamente em vida,
    mas tudo era então muito fugaz e limitado.
    Vivo na serena expectativa de sua chegada, um dia entre nós.
    Pense em mim: nas suas lutas pense
    nesta maravilhosa morada , onde não existe a morte e onde , juntos, viveremos no enlevo mais puro
    e mais intenso, junto à fonte inesgotável da alegria e do amor.

    Se você verdadeiramente me ama, não chore mais por mim.

    Eu estou em paz....

    ResponderExcluir
  2. É uma mensagem linda. Totalmente espiritual. Obrigada!

    ResponderExcluir